Navegar

18 de outubro de 2019, 12:49h

TV Globo mostra Torneio Meninas na Matemática

Ana Karoline Borges, uma das organizadoras do Torneio Meninas na Matemática. Foto: Bom Dia Brasil

A primeira edição do Torneio Meninas na Matemática (TM²), realizado pelo IMPA, foi tema de reportagem do Bom Dia Brasil, da TV Globo, nesta sexta-feira (18). A matéria destacou o objetivo do TM² de incentivar a participação feminina em competições científicas.

“Temos várias iniciativas que visam atacar, dentro da esfera de influência na qual a gente atua, o desequilíbrio de gênero na Matemática. As próprias meninas que não têm exemplos de sucesso de mulheres que as antecederam, acabam acreditando que o sucesso não aconteceu porque não é lugar para elas”, explicou Marcelo Viana, diretor-geral do IMPA, ao repórter André Trigueiro. 

Leia também: Vaga para pós-doutorado em geometria simplética no IMPA
‘Matemática induz as pessoas ao pensamento lógico’, diz Ramos
As origens e os avanços da Matemática indiana

A equipe de reportagem também entrevistou a jovem Ana Karoline Borges, uma das organizadoras do TM². “A minha expectativa é que as meninas tomem gosto pela Matemática, que seja visto que a Matemática também é lugar para as meninas e que elas podem chegar aonde elas quiserem”, relatou a estudante de 22 anos do Instituto Militar de Engenharia (IME). 

A participante Julia Fernandes, de 14 anos, enfatizou o quanto a Matemática pode ser plural. “Meninos, meninas, todo mundo pode viver essa paixão que é a Matemática ou qualquer outra matéria. Porque sua paixão, aquilo que você ama, está ali para você.”

Participantes do TM² no Rio de Janeiro

Cerca de 200 estudantes foram convidadas para participar da primeira edição do torneio e fizeram a prova nesta quinta-feira. Realizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), a competição é dirigida às alunas dos ensinos Fundamental (a partir do 8º ano) e Médio das escolas públicas e privadas de todo o país.

A organização do TM² vai distribuir 4 medalhas de ouro, 8 de prata e 12 de bronze, totalizando 24, e até 20 menções honrosas para as alunas com os melhores desempenhos. A lista de premiadas será divulgada no site do torneio, em 11 de dezembro.

Participantes do TM² em Fortaleza

A TM² também servirá como primeiro teste de seleção das quatro alunas que representarão o Brasil na European Girls’ Mathematical Olympiad, competição anual exclusiva para meninas que inspirou o IMPA a criar o torneio nacional. Além disso, as medalhistas também serão convidadas a participar de cursos, treinamentos olímpicos e processos seletivos oferecidos na Semana Olímpica da Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM).

A reportagem está disponível no Globoplay

Leia também: Visgraf participa de simpósio de música computacional
Como a trigonometria está por trás da navegação por GPS