Navegar

13 de setembro de 2019, 13:10h

IMPA lança olimpíada nacional para mulheres

Para incentivar a participação feminina em olimpíadas científicas, com foco na Matemática, e criar um ambiente mais estimulante para as alunas que se interessam pela disciplina, o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), realiza, em 17 de outubro, o 1º Torneio Meninas na Matemática (TM²).

A competição é dirigida às alunas dos ensinos Fundamental (a partir do 8º ano) e Médio das escolas públicas e privadas de todo o país e será promovida com recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério da Educação (MEC).

Leia também: Em artigo, Imbuzeiro aborda as impossibilidades matemáticas
A matemática na análise de fenômenos comportamentais
Portal da Matemática ganha ‘Play de Prata’ do YouTube

Em sua 1ª edição, a (TM²) contará com cerca de 200 estudantes convidadas pelo IMPA. A lista de participantes é formada pelas alunas com melhor desempenho na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) e na Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM), edição 2018, e indicação por mérito acadêmico.

Com cinco questões discursivas, a prova será aplicada em 17 de outubro, às 14h (horário de Brasília), a todas as competidoras, ou seja, para ambos os níveis da competição: 2 ( alunas do 8º e 9º anos) e 3 (Ensino Médio). A premiação, porém, será separada por níveis.

A TM² servirá como primeiro teste de seleção das quatro alunas que representarão o Brasil na European Girls’Mathematical Olympiad, competição anual exclusiva para meninas que inspirou o IMPA a criar o torneio nacional. Desde 2017, o instituto financia a participação da equipe brasileira na olimpíada. A próxima edição da EGMO será em Egmond, na Holanda.

Como a competição também objetiva aumentar a participação das meninas nos treinamentos preparatórios para competições na área, as medalhistas serão convidadas a participar de cursos, treinamentos olímpicos e processos seletivos oferecidos na Semana Olímpica da OBM.

Serão distribuídas 4 medalhas de ouro, 8 de prata e 12 de bronze, totalizando 24, e até 20 menções honrosas para as alunas com os melhores desempenhos. A lista de premiadas será divulgada no site do torneio, em 11 de dezembro.

Leia também: Na Folha, Viana fala da diferença que faz um bom professor
Omar Alvarez defende tese em geometria de Poisson