Navegar

19 de setembro de 2019, 13:03h

Brasil conquista três ouros e uma prata na Ibero-americana

A equipe brasileira conquistou três medalhas de ouro e uma de prata na 34ª Olimpíada Ibero-americana de Matemática (OIM) realizada em Guanajuato, no México, entre 11 e 19 de setembro. Com 129 pontos, o Brasil ficou em 2º lugar na classificação por países.

Os destaques do time brasileiro foram Pedro Gomes Cabral, de Recife (PE), que conquistou ouro com 41 pontos; Bernardo Peruzzo Trevizan, de Canoas (RS) e Gabriel Ribeiro Paiva, de Fortaleza (CE), que marcaram ambos 35 pontos, e também levaram ouro. O grupo teve ainda uma prata de Samuel Prieto Lima, de Goiânia (GO), que marcou 24 pontos.

Leia também: Tales de Mileto e as origens da trigonometria
IMPA lança olimpíada nacional para mulheres
‘Sem ciência pura não se faz ciência aplicada’, diz Ramos

Gabriel Ribeiro de Paiva comemorou a conquista. “É muito gratificante ver que meu esforço e dedicação tiveram um retorno como este. É sempre bom ganhar uma medalha e poder comemorar a conquista com amigos, professores e familiares que torceram por você durante todo o processo. Também fico empolgado em saber que ainda há muito que posso aprender e que terei a chance de repetir esse feito outras vezes.”

Os jovens foram selecionados entre os medalhistas da 40ª Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM). Como preparação para a competição, a equipe participou de treinamentos intensivos com aulas específicas e simulados, realizados em São Paulo (SP) e no Rio de Janeiro (RJ). Os líderes do time foram os professores Bruno Holanda, de Goiânia (GO) e Samuel Barbosa Feitosa, de Salvador (BA).

Ao todo, 89 estudantes de 24 países participaram da competição. O Peru conquistou 161 pontos, seguido pelo Brasil (129 pontos) e pelo México (114 pontos). A Taça Porto Rico foi para República Dominicana, por ter sido o país com maior progresso nas últimas três edições da competição. No próximo ano, a olimpíada será realizada no Peru.

Desde 1985, quando iniciou sua participação na OIM, o Brasil já conquistou um total de 128 medalhas. Em 2018, a equipe brasileira conquistou duas medalhas de ouro e duas de prata.

Leia também: Portal da Matemática ganha ‘Play de Prata’ do YouTube
A interseção entre a Computação e a Matemática