Navegar

30 de dezembro de 2019, 12:16h

Afinal, qual é a chance de faturar a Mega da Virada?

Foto: Agência Brasil

Viajar para uma ilha paradisíaca, comprar um apartamento, quitar dívidas antigas, ajudar amigos e familiares, planejar uma grande festa, dar andamento a um projeto antigo, nunca mais trabalhar… Podemos ser constantemente atordoados por dúvidas, mas quando o assunto é ganhar na loteria, não nos faltam planos! A racionalidade é posta de lado, e os devaneios entram em cena, fazendo qualquer adulto sonhar como criança.

Nesta terça-feira (31), último dia do ano, algum felizardo vai estar mais próximo de concretizar todas estas extravagâncias. É quando sai o resultado do concurso 2.220 da Mega da Virada, que pode pagar R$ 300 milhões para quem acertar as seis dezenas!!!. É o maior prêmio acumulado da história da Mega-Sena.

Leia também: Calendário de 2020 do IMPA tem fotografias de funcionários
O balanço matemático das ondas de Felipe Linares
Conheça as medalhistas do Torneio Meninas na Matemática

São incontáveis os sites na internet que vendem dicas infalíveis, fórmulas certeiras e conselhos garantidos para marcar no bilhete os números que serão sorteados. Mas o que a matemática tem a dizer sobre isso? Ela veio para colocar nossos pés no chão (e talvez desmanchar alguns sonhos).

A probabilidade de ganhar na Mega Sena é de uma em 50 milhões, ou 0,000002%. Ser canonizado, por exemplo, é um evento menos improvável do que ganhar o concurso: acontece com uma em cada 20 milhões de pessoas. Morrer atingido por um asteróide é ainda um pouco mais fácil: a chance é de 1 em 500 mil. Também é mais provável ter quadrigêmeos do que faturar a bolada: acontece com uma a cada 15 milhões de grávidas.

Mas calma, que nem tudo está perdido… A matemática traz ao menos uma esperança. Existe uma aposta que pode ser feita para garantir o prêmio. Para isso, é preciso cercar todas as possibilidades, comprando 50 milhões de apostas e fazendo todas as combinações possíveis. O problema é que, além de dar um belo trabalho, a estratégia sai por um precinho salgado: seria preciso gastar mais de R$ 200 milhões em bilhetes.

Fonte: Jornal O Globo e podcast O Assunto

Leia também: Medalhista do Acre é primeira da família a entrar na universidade
Vaga para cargo de analista administrativo no IMPA