Navegar

13 de agosto de 2019, 12:57h

Inscrições para o PROFMAT vão até 16 de setembro

As inscrições para o Exame Nacional de Acesso ao PROFMAT (Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional) 2020 estão abertas até 16 de setembro. Dirigido aos graduados em qualquer área do conhecimento, o programa tem o objetivo de proporcionar formação matemática aprofundada para o exercício da docência na Educação Básica, especialmente a professores de escolas pública.

Coordenado pela Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) com apoio do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), o mestrado é gratuito, validado pelo Ministério da Educação (MEC) com nota máxima (5) e semipresencial. 

Leia também: O que querem as mulheres matemáticas, afinal?
Jorge Zubelli, um matemático multidisciplinar
 
Luna Lomonaco faz palestra plenária no Colóquio

Nesta edição, serão oferecidas 1.860 vagas distribuídas em 76 instituições de Ensino Superior localizadas em todas as regiões do país.

Para se inscrever, basta acessar a página oficial do PROFMAT, preencher o formulário eletrônico com dados pessoais e profissionais e pagar uma taxa de R$ 76,00. É necessário ter diploma de graduação reconhecido pelo MEC.

O exame consiste de 30 questões e será realizado em 19 de outubro, das 14h às 17h, horário oficial de Brasília, simultaneamente, em todas as instituições associadas. 

São classificados os candidatos com as melhores notas totais, de acordo com o número de vagas disponíveis em cada campus, respeitados eventuais sistemas de cotas da instituição associada. O edital traz informações adicionais, como a lista de instituições associadas e o cronograma.

Reconhecido pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), o programa surgiu em atendimento à demanda para formação de professores de Matemática. 

A SBM elaborou e encaminhou uma proposta de curso, que foi baseada na experiência do IMPA no Programa de Aperfeiçoamento para Professores de Matemática do Ensino Médio (PAPMEM). 

O PROFMAT foi criado em 2011 pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e distribuiu, até o momento, cerca de 15.965 mil vagas. Os cerca de 5 mil trabalhos de conclusão de curso podem ser encontrados na página do programa.