Navegar

19 de agosto de 2019, 13:03h

Regulamento da 2ª OBMEP - Nível A já está disponível

Destinada a alunos do 4º e 5º anos do Ensino Fundamental, matriculados em escolas públicas municipais, estaduais e federais, a 2ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – Nível A (OBMEP – Nível A) já está com o regulamento disponível para consultas. O documento traz detalhes sobre os objetivos da competição, quem pode participar, inscrições, aplicação, correção e disponibilização do material de prova.

Realizada pelo IMPA (Instituto de Matemática Pura e Aplicada), que já promove a competição desde 2005 para alunos do 6º ano ao Ensino Médio, a OBMEP Nível A tem apoio da SBM (Sociedade Brasileira de Matemática), do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério da Educação (MEC).

Leia também: Um desafio de probabilidade para a Bela Adormecida
Pedro Henrique Gaspar ganhar Prêmio Gutierrez 2019
Aluna do interior do Rio cria teorema matemático

As inscrições para participação dos alunos na competição são gratuitas e deverão ser feitas em nome das escolas, exclusivamente pelas Secretarias de Educação Municipais e Estaduais ou pelos representantes das escolas federais. Em 2018, 1,5 milhão de estudantes fizeram a prova. 

Para inscrever as escolas, a Secretaria ou representante de escola federal deverá acessar o link que será enviado por e-mail pelo IMPA e preencher a ficha de inscrição no período de 9 de setembro a 11 de outubro.  

Com 15 questões objetivas, a prova será elaborada pelo IMPA e aplicada nas escolas inscritas em 29 de outubro. O estudante terá 1 hora e 30 minutos para resolvê-la.

Na OBMEP Nível A, o IMPA responde pela parte acadêmica, e as secretarias pela logística de aplicação, correção de provas e eventuais premiações.

O conteúdo das provas segue os Parâmetros Curriculares Nacionais para alunos de 4º e 5º anos do Fundamental. As questões privilegiam o raciocínio lógico e a criatividade. A OBMEP tem como objetivo estimular o estudo da Matemática, contribuir para a melhoria da qualidade da Educação Básica, identificar jovens talentos e promover inclusão social. 

Leia também: Jaqueline Mesquita ganha Prêmio Para Mulheres na Ciência
Jorge Zubelli, um matemático multidisciplinar