Navegar

19 de junho de 2019, 15:00h

Prêmio IMPA-SBM de Jornalismo 2019 reúne 82 reportagens

O Prêmio IMPA-SBM de Jornalismo 2019 terá a participação de 82 reportagens enviadas de todas as regiões brasileiras. As inscrições encerraram-se no sábado (15). A premiação foi criada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e pela Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) com o objetivo de aproximar a Matemática da sociedade e ampliar a divulgação científica no país.

Disputam o prêmio inscrições provenientes de 39 órgãos de mídia do Distrito Federal e de 12 Estados: Ceará, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Sergipe, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul.

Leia também: Cátedra Jean-Morlet recebe Jorge Vitório em 2020
Mindfulness ensina gestão de emoções e autoconhecimento
Em premiação da OBMEP, Viana destaca empenho dos alunos

Dirigido a reportagens que apresentem a Matemática e as Ciências de maneira interessante e original, provoquem reflexão sobre essas áreas do conhecimento e estimulem sua popularização no Brasil, o prêmio tem duas categorias. Nesta segunda edição, concorrem 28 trabalhos em Matemática e 54 em Divulgação Científica.

“O objetivo do Prêmio é contribuir para aumentar a presença de temas científicos em todos os meios de comunicação, especialmente no que tange à Matemática, e é muito gratificante constatar a ótima receptividade que ele está tendo na comunidade dos comunicadores”, declarou o diretor-geral do IMPA, Marcelo Viana.
 

A cerimônia de premiação será em 30 de julho, durante o 32º Colóquio Brasileiro de Matemática, no IMPA, no Rio de Janeiro. A lista dos cinco finalistas em cada categoria será divulgada nos websites e redes sociais do IMPA e da SBM até 15 dias antes. Os vencedores serão anunciados durante a solenidade.

Em 2018, o Prêmio IMPA-SBM de Jornalismo reuniu 72 trabalhos provenientes de dez Estados e do Distrito Federal. As jornalistas Maria Clara Vieira e Isabela Izidro conquistaram o 1º lugar na categoria Matemática com a reportagem “Esta turma só pensa naquilo”, publicada na Revista Veja. Na categoria Divulgação Científica, o vencedor foi Gabriel Alves, com “Há 50 anos, Brasil fazia seu primeiro transplante cardíaco” reportagem do jornal Folha de S.Paulo. A série especial “Ela está nas coisas mais simples da vida: a Matemática”, do Jornal Nacional (TV Globo), recebeu a premiação Hors-Concours.

Houve o crescimento de 12% neste segundo ano, mesmo sem os estímulos do Biênio da Matemática e do Congresso Internacional de Matemáticos (ICM), como em 2018, na estreia da premiação. 

Critérios de julgamento

O prêmio contempla matérias veiculadas em qualquer meio de comunicação – jornal, revista, portal, blog, televisão e rádio, entre outros – entre 16 de maio de 2018 e 15 de junho de 2019.  As premiações serão idênticas nas duas categorias: R$ 10 mil e troféu (vencedor); R$ 3 mil e diploma (2º lugar); R$ 2 mil e diploma (3º lugar). Para as menções honrosas, até duas por categoria, serão concedidos diplomas.

No julgamento, serão considerados, principalmente, os critérios de relevância jornalística do tema, originalidade, profundidade, clareza e qualidade na execução da matéria. A Comissão Julgadora poderá propor um prêmio Hors-Concours, em reconhecimento a jornalistas ou órgãos de comunicação, não necessariamente inscritos no concurso, que tenham contribuído excepcionalmente na divulgação da Matemática, Ciência e Tecnologia. O vencedor será premiado com R$ 10 mil e um troféu.

Mais informações no website www.impa.br/premiodejornalismo.

Leia também: Livro de Paulo Ney vira história transformadora em Berkeley
Como ganhar dinheiro com jogos de azar?