Navegar

30 de julho de 2019, 18:40h

Paolo Piccione é reeleito presidente da SBM

Presidente da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) no período 2017/2019, o italiano Paolo Piccione, professor do Instituto de Matemática e Estatística (IME) da Universidade de São Paulo (USP), foi eleito para dirigir a instituição de 2019 a 2021. 

Na tarde desta terça-feira (30), antes da solenidade de entrega do Prêmio SBM 2019, Piccione fez uma apresentação, no 32º Colóquio Brasileiro de Matemática (CBM), sobre as atividades de sua gestão.

Ao iniciar sua fala, Piccione destacou os 50 anos da SBM, criada em 1969 durante o 7º CBM. A instituição surgiu com o objetivo de reunir matemáticos e professores da área, estimular a realização e divulgação de pesquisa de alto nível em Matemática e contribuir para a melhoria da disciplina, entre outras metas.

Leia também: Medalhista da OBMEP desfila em carro de bombeiros
Étienne Ghys e seu ‘passeio matemático singular’
De astrônomo mirim a pesquisador do IMPA

Entre as atividades realizadas durante sua gestão, Piccione citou a criação do noticiário mensal eletrônico, o lançamento de seis novos títulos editoriais –uma das principais atividades da SBM-, a organização e o apoio a eventos nacionais e internacionais, entre os quais a 9ª Bienal Brasileira de Matemática e o Joint Meeting Brazil France.

Ainda na área editorial, Piccione falou sobre a edição do Boletim da Sociedade Brasileira de Matemática. Entre 1988 e 2018, o pesquisador emérito do IMPA Jacob Palis foi editor-chefe da publicação, substituído pelo diretor-geral do IMPA, Marcelo Viana. 

“Quero agradecer ao professor Jacob Palis, que transformou essa revista, que era regional, numa revista de grande prestígio internacional. O comitê editorial, sob sua responsabilidade, sempre foi composto por matemáticos excelentes. Isso nos deu grande visibilidade no exterior. Em nome da comunidade matemática brasileira, obrigado por seu trabalho”, disse o presidente da SBM, que também agradeceu a Viana. “O fator de Impacto da revista cresceu muito. Isso se deve também ao grande trabalho dele.”

Piccione destacou, ainda, a realização do Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (PROFMAT), com apoio do IMPA, e a criação da Comissão de Gênero, parceria com a Socieda de Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional (SBMAC). 

Onze pesquisadoras integram o grupo, surgido para estudar problemas relacionados à questão de gênero na Matemática. A primeira ação da comissão foi a elaboração do documento “Diretrizes para a Diversidade em Eventos”, inspirado em material produzido pela London Mathematical Society.

“São dicas sobre como se deve organizar a composição de comitês científicos e palestrantes para garantir uma presença mais equilibrada de mulheres dentro da nossa programação científica”, detalhou o presidente da SBM, informando que a instituição também mudou o edital de chamadas para os eventos que patrocina, em busca de uma distribuição de gênero que melhor represente a sociedade científica brasileira.

O Prêmio SBM 2019, entregue logo após a apresentação de Piccione, foi conquistado, pela primeira vez, por uma mulher: a especialista em Sistemas Dinâmicos Luna Lomonaco, professora da IME/USP, que, a partir de janeiro de 2020, passará a integrar o corpo científico do IMPA. À mesa de convidados da cerimônia, estavam a vice-presidente da SBM, Nancy Garcia (Unicamp); a diretora da SBM Walcy Santos (UFRJ); Marcelo Viana; o presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Ildeu de Castro Moreira; e o presidente da SBMAC, Carlile Lavor. 

Viana entre Leny Alves (UFRJ) e Detang Zhou (UFF) e Alencar, a lado da filha Bruna

Em seguida, foram concedidos títulos de associados honorários da SBM a Marcelo Viana e Hilário Alencar, pelas contribuições relevantes ao desenvolvimento da Matemática no Brasil.

“Tenho apreço grande pelo papel que a SBM tem”, declarou Viana, observando que a instituição tem encarado “a sua missão com um olhar cada vez mais abrangente”. Frisou, também, a honra de ter trabalhado com Alencar – “ele tem o sentido da grandeza” – e contribuído com a SBM. Viana presidiu a instituição de 2013 a 2015 e foi vice-presidente de 2009 a 2013.

Professor da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e presidente da SBM nas gestões 2009/2011, 2011/2013 e 2009/2011, Alencar é editor-executivo da SBM desde 2012. Ao receber o título de associado honorário, ele lembrou as palavras de Luna Lomonaco sobre as dificuldades de seguir na profissão, também em decorrência do gênero, e disse ter passado por obstáculos por ser nordestino.

Leia também: Visgraf cria site para comemorar aniversário de 30 anos
Conheça os finalistas do Prêmio IMPA-SBM de Jornalismo 2019