Navegar

22 de julho de 2019, 11:29h

Brasil conquista seis medalhas na IMO 2019, na Inglaterra

A equipe que representou o Brasil na 60ª Olimpíada Internacional de Matemática (IMO), na Inglaterra, traz para casa seis medalhas. Com duas pratas e quatro bronzes, a delegação ficou no 29º lugar, com 135 pontos, empatada com a Turquia.

As medalhas de prata foram conquistadas por Samuel Prieto Lima, de Goiânia (GO) e Pedro Gomes Cabral, de Recife (PE). Bernardo Peruzzo Trevizan, de Canoas (RS); Pedro Lucas Lanaro Sponchiado, de Santa Cruz do Rio Pardo (SP); Guilherme Zeus Dantas e Moura, de Maricá (RJ) e Felipe Chen Wu, do Rio de Janeiro (RJ), ganharam bronze.

Leia também: Medalhista da OBMEP desfila em carro de bombeiros
Étienne Ghys e seu ‘passeio matemático singular’
De astrônomo mirim a pesquisador do IMPA

Os jovens foram selecionados entre os medalhistas da 40ª Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM). Como preparação para a prova, participaram de dois treinamentos intensivos com aulas específicas e simulados, realizados em São Paulo (SP), nas semanas que antecederam a competição. A equipe foi liderada pelos professores, Edmilson Motta e Carlos Shine, ambos de São Paulo (SP).

Com este resultado, o Brasil soma 10 medalhas de ouro, 45 de prata e 81 de bronze, permanecendo com o título de país latino-americano mais premiado no torneio.

Realizada desde 1959, a IMO é destinada a estudantes do ensino médio com idades que variam entre os 14 e 19 anos e que não tenham ingressado na universidade. Cada time é composto por uma equipe de até seis estudantes. A edição deste ano registrou um total de 621 estudantes representando 112 países. Em 2020, o evento ocorrerá em São Petersburgo, na Rússia.

Leia também: Marcelo Viana é palestrante convidado do ICIAM, na Espanha
Conheça os finalistas do Prêmio IMPA-SBM de Jornalismo 2019