Navegar

18 de dezembro de 2017, 11:11h

Fundação Alexander von Humboldt premia brasileiro

O brasileiro Pedro Antonio Santoro Salomão é um dos vencedores do Prêmio de Pesquisa Friedrich Wilhelm Bessel 2017, oferecido pela fundação Alexander von Humboldt, sediada na Alemanha e dedicada a promover a cooperação científica entre estudiosos de todo o mundo.

Professor do Instituto de Matemática e Estatística (IME) da USP, Salomão é o terceiro matemático do Brasil a receber o prêmio. Os dois primeiros foram Fábio Armando Tal, também do  IME-USP, e João Marcos de Almeida, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Leia também: Olimpíada também descobre professores de excelência
As soluções harmônicas de Mateus Sousa para Matemática
Linares e Morris são eleitos para Academia Brasileira de Ciências

Salomão, que atua especialmente nas áreas de geometria simplética, sistemas dinâmicos e sistemas hamiltonianos, foi reconhecido pelas realizações na pesquisa e no ensino da Matemática. Ele será um dos palestrantes da sessão de geometria do Congresso Internacional de Matemáticos (ICM) 2018, de 1º a 9 de agosto no Rio de Janeiro.

Concedido anualmente, o Prêmio de Pesquisa Friedrich Wilhelm Bessel é entregue a cientistas alemães e estrangeiros reconhecidos mundialmente em suas áreas de trabalho e que tenham concluído o doutorado há menos de 18 anos.

Os vencedores são convidados a passar até um ano colaborando em um projeto com especialistas de sua área em uma instituição de pesquisa na Alemanha. Recebem, ainda, 45 mil euros (R$ 174.600, em valores atuais).