Navegar

13 de março de 2020, 11:00h

Inscrições para OBMEP terminam nesta sexta-feira (20)

Terminam nesta sexta-feira (20) as inscrições para a maior olimpíada científica do país, a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). As escolas públicas e privadas devem fazer o cadastro dos estudantes exclusivamente pela ficha de inscrição disponível no site da OBMEP, até as 23h59 de hoje. Alunos que queiram participar devem entrar em contato com o responsável pela olimpíada na escola. Em 2019, mais de 18,2 milhões de alunos participaram da competição nacional, abrangendo 99,71% dos municípios do país

As provas da 16ª OBMEP acontecem em 26 de maio e 26 de setembro, e serão distribuídas de acordo com o grau de escolaridade do aluno: Nível 1 (6º e 7º anos), Nível 2 (8º e 9º anos) e Nível 3 (Ensino Médio). Realizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), a competição é voltada a estudantes dos Ensinos Fundamental (6º ao 9º ano) e Médio. O resultado estará disponível em 8 de dezembro.

Leia também: Pinheiro: Palis tem grande impacto na matemática do Brasil
IMPA celebra 80 anos de Jacob Palis com conferência especial
Jacob Palis é homenageado na Academia Brasileira de Ciências

Os medalhistas vão ser chamados para participar do Programa de Iniciação Científica (PIC Jr.) como incentivo e promoção do desenvolvimento acadêmico. Alunos da rede pública premiados recebem uma bolsa de Iniciação Científica Jr do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), no valor de R$ 100 mensais. Os medalhistas da rede particular poderão participar do PIC Jr como ouvintes. Se for começar algum curso de graduação no primeiro semestre de 2021, o aluno poderá participar do processo de seleção para o PICME, que oferece uma bolsa de Iniciação Científica do CNPq  no valor de R$ 400.

Criada pelo IMPA em 2005 e realizada com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), a competição é promovida com recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério da Educação (MEC). 

Além de descobrir jovens talentos matemáticos, a OBMEP contribui para estimular o estudo da disciplina e promover a inclusão social pela difusão do conhecimento. Em 2019, dos 18,2 milhões de participantes, destacaram-se 598 medalhistas de ouro, 1.746 de prata e 5.183 de bronze, além de 48.133 menções honrosas. Foram premiados ainda professores, escolas e secretarias de educação de municípios que se destacaram por conta do desempenho de estudantes.

Leia também: Música e Matemática é tema da 16ª edição da OBMEP
Como o telégrafo anunciou a comunicação moderna