Navegar

9 de outubro de 2017, 13:32h

Reportagem sobre professor da OBMEP ganha prêmio

A reportagem “Um mestre de 176 medalhas”, de autoria de Flávia Yuri Oshima, da revista Época, foi premiada na principal categoria do Prêmio Estácio de Jornalismo – Edição 2017, durante a cerimônia realizada na última quinta-feira (5).

Flávia Yuri Oshima na entrega do Prêmio Estácio de Jornalismo

Publicada em outubro do ano passado, a matéria conta a história do professor de Matemática Luiz Felipe Lins, da Escola Municipal Francis Hime, no Rio de Janeiro. O especial, composto de três partes, narra a história do professor, apresenta uma pesquisa internacional que mostra a importância de saber formar professores e uma entrevista sobre quais são os problemas brasileiros na área.

Escolhida entre outras 385 reportagens, a matéria destaca a mudança no paradigma de ensino que fez com que os alunos de Lins conquistassem 176 medalhas na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), tornando-o um exemplo na educação no Brasil.

Criado em 2011, o Prêmio Estácio de Jornalismo é uma das principais distinções sobre conteúdos jornalísticos relacionados à educação. Tem como objetivo fomentar a produção pela imprensa de matérias que abordem o ensino no Brasil, de forma a ampliar o debate e a importância do tema para o desenvolvimento do país. Conheça todos os vencedores desta edição no link.

Leia a reportagem completa “Um mestre de 176 medalhas”:

http://epoca.globo.com/ideias/noticia/2016/10/licoes-do-professor-que-transforma-criancas-carentes-em-campeas-de-matematica.html