Navegar

14 de fevereiro de 2019, 10:43h

'Para Mulheres na Ciência' anuncia as vencedoras de 2019

As matemáticas Ingrid Daubechies e Claire Voisin

A Fundação L´Oréal aproveitou o Dia Internacional de Mulheres e Meninas na Ciência, celebrado em 11 de fevereiro, para anunciar as premiadas pelo programa Para Mulheres na Ciência 2019. As vencedoras são as matemáticas Ingrid Daubechies e Claire Voisin, a física Karen Hallberg e as químicas Najat Aoun Saliba e Maki Kawai. Na cerimônia em 14 de março, em Paris (França), cada uma delas receberá € 100 mil.

A matemática belga Ingrid Daubechies, professora da Universidade de Duke e primeira mulher a presidir a União Internacional de Matemática (IMU, sigla em inglês), esteve no Brasil em agosto passado como plenarista do ICM 2018, no Rio de Janeiro. Ela foi reconhecida pela contribuição às imagens digitais e ao processamento de sinais, por algoritmos comuns e versáteis empregados na compressão de dados. Pesquisadora do College de France, a matemática francesa Claire Voisin foi escolhida pelo importante trabalho em geometria algébrica.

Leia também: IMPA renova convênio com Prefeitura de São João da Barra
TV Brasil anuncia inscrições para a OBMEP 2019
Conferência do Visgraf é destaque na Rádio MEC

Criada há 20 anos, a iniciativa da Fundação L’Oréal, em parceria com a Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), tem como objetivo apoiar e reconhecer pesquisadoras, encorajar mais mulheres jovens a ingressar na profissão e ajudá-las assim em seguida às formaturas.

 Novos talentos

Na data foram anunciadas, também, as vencedoras do programa Rising Talent, que homenageia mulheres cientistas eminentes e apoia jovens e promissoras pesquisadoras ao longo de suas carreiras. Anualmente, são escolhidas 15 doutorandas e pós-doutorandas de cinco regiões do planeta (África e Países Árabes, Ásia-Pacífico, Europa, América Latina e América do Norte).  Não há brasileiras na lista. Confira as selecionadas de 2019: 

  • África e Países Árabes: Saba Al Heialy, Zohra Dhouafli, Menattallah Elserafy e Priscilla Kolibea Mante
  • Ásia-Pacífico: Sherry Aw, Mika Nomoto e Jacquiline Romero
  • Europa: Laura Elo, Biola María Javierre Martínez, Kirsten Jensen, Urte Neniskyte e Nurcan Tuncbag
  • América Latina: Maria Molina e Ana Sofia Varela
  • América do Norte: Jacquelyn Cragg

Leia também: Rigor de Flexner levou medicina americana ao topo
IMPA abre chamada pública de bolsas de pesquisa
IMPA abre vaga em Matemática Aplicada