Navegar

13 de outubro de 2017, 11:54h

Novo site do IMPA ultrapassa um milhão de visualizações

O novo site do IMPA ultrapassou nesta semana a marca de um milhão de visualizações. Lançada em maio deste ano, a página reúne notícias, curiosidades e conteúdo científico, além de informações institucionais.

Mais interativo e fácil de navegar, o site conta com usuários de diversas partes do mundo.  Embora a maioria dos acessos seja, obviamente, de brasileiros (86,5%), tem como público cativo os norte-americanos (2,36%), os peruanos (1,3%), os colombianos (1,5%), os portugueses (0,94%) e franceses (0,9%), entre outros.

Dentro do Brasil, o Rio de Janeiro tem o público que mais visita o site (33,6%), seguido por São Paulo (17,9%), Minas Gerais (8,47%), Ceará (4,5%) e Paraná (3,94%). Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia e Santa Catarina formam o grupo dos dez estados com mais audiência.

O público que mais acessa a página são homens (70%) e jovens. Cerca de 62% dos usuários têm entre 18 a 34 anos. A faixa etária mais presente tem entre 25-34 anos (37,6%). Os usuários até 44 anos concentram 80% dos acessos. As mulheres (30%) também seguem a mesma faixa etária no acesso à página.

Nesses cinco meses, julho foi o período com maior audiência da página, com cerca de 231.191 acessos. Atribui-se a isso a realização da Olimpíada Internacional de Matemática 2017 (IMO), organizada pelo IMPA, e o início do 31º Colóquio Brasileiro de Matemática (CBM), que despertaram o interesse das pessoas por notícias inéditas dos eventos.

A notícia mais acessada nesses cinco meses foi o anúncio da morte do pesquisador Elon Lages de Lima, em 10 de maio, que atingiu 16.414 cliques. A segunda mais lida até o momento é a curiosidade sobre os menores artigos científicos de matemática da história, de 10 de agosto, com 5.454 acessos.

Em um mundo onde os smartphones dominam como ferramenta de acesso à informação, a surpresa é que maioria dos acessos é oriunda de desktops (60%). O mobile aparece em segundo lugar (37%). O restante vem dos tablets (3%).

Outro destaque é o tempo de permanência na página. Em média, cada leitor fica cerca de 2:51 minutos em cada sessão, tempo considerado excelente e refletindo que o conteúdo tem agradado aos visitantes do site do IMPA.