Navegar

5 de Abril de 2018, 15:21h

Jornal da Ciência destaca honraria concedida a Jacob Palis

Reprodução do Jornal da Ciência

O pesquisador emérito do Instituto de Matemática Aplicada (Impa) Jacob Palis foi condecorado pelo governo francês como Oficial da Ordem Nacional da Legião de Honra, honraria secular instituída por Napoleão Bonaparte que recompensa os méritos de militares ou civis à nação francesa.

A Ordem Nacional da Legião de Honra possui cinco graus – Cavaleiro, Oficial, Comendador, Grande Oficial e Grã-cruz – e entre os brasileiros que já receberam a comenda estão Dom Pedro II e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, homenageados como Grão-mestres. São os únicos à frente do cientista do Impa. Em 2005, Palis fora condecorado Cavaleiro da mesma ordem.

Leia também:  IMPA lança pedra fundamental de seu novo campus 
Exposição inaugura Museu de Ciências no Espírito Santo

Para o pesquisador, a honraria é antes uma conquista da ciência brasileira como um todo que um êxito individual. “Em um momento em que a matemática brasileira, minha área, é promovida à elite mundial, eu tomo a liberdade de dizer que esta honraria se trata de uma homenagem muito significativa recebida do governo francês pela ciência brasileira, mais do que eu enquanto individuo.”, se orgulha Palis.

A premiação ocorreu durante solenidade realizada na noite de segunda-feira, 26 de março, na sede da Academia Brasileira de Ciências (ABC) e contou com a presença do cônsul geral da França no Rio de Janeiro, Jean-Paul Guihaumé, que entregou o prêmio.

O representante do governo francês afirmou que a entrega do título a Jacob Palis se deve não só às parcerias realizadas pelo matemático com a França, como também à atuação dele como um divulgador e promotor da ciência. “Os incansáveis esforços do professor Jacob Palis em realizar parcerias científicas com a França e sua dedicação em fazer a ciência se expandir atraíram a atenção e o orgulho do governo francês”, discursou Guilhaumé.

Palis se disse surpreso com a nova homenagem, mas recebeu com alegria durante a cerimônia que reunia muitos expoentes da ciência brasileira, autoridades e familiares do matemático.

Estiveram presentes o secretário nacional de Desenvolvimento Tecnológico do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Álvaro Prata; o diretor do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), Marcelo Viana; os diretores científico e de tecnologia da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), Jerson Lima e Silva e Eliete Bouskela , respectivamente; o presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), Jorge Guimarães; e o diretor de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Wanderley de Souza.

Leia também: Visgraf apresenta The Tempest na conferência Rio2C 
Ex-aluno do IMPA cria ‘Fantástico Mundo Matemático’
OBMEP ajuda a mudar a vida de jovens estudantes