Navegar

24 de agosto de 2017, 12:06h

Jacob Palis será homenageado durante a SNCT 2017

Foto Ricardo Fonseca/MCTIC

A 14ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT 2017) foi lançada oficialmente nesta quarta-feira (23) pelo ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab, em Brasília (DF). O evento, de 23 a 29 de outubro, em todo o Brasil, terá como tema “A matemática está em tudo”, como apoio à agenda positiva firmada pelo Biênio da Matemática 2017-2018.

O diretor-geral do IMPA (Instituto de Matemática Pura e Aplicada), Marcelo Viana, participou da cerimônia Marcelo Viana, também prestigiada pelo secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do MCTIC, Jailson de Andrade; pelo presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Mario Neto Borges; pela reitora da Universidade de Brasília (UnB), Márcia Abrahão; pelo secretário-executivo do MCTIC, Elton Zacarias; e pelos deputados federais Goulart (PSD-SP) e Rômulo Gouveia (PSD-PB).

Todos os anos a SNCT homenageia um profissional dedicado ao desenvolvimento científico do país. Em 2017, será a vez do matemático Jacob Palis, Pesquisador Emérito do IMPA. Professor titular do IMPA desde 1968, Palis atua principalmente na área de sistemas dinâmicos. Foi diretor-geral do instituto de 1993 a 2003. Presidiu ainda a Academia Brasileira de Ciências (ABC), a Academia de Ciências para o Mundo em Desenvolvimento (Twas) e a União Internacional de Matemática (IMU).

“Em nome de Jacob, toda a Matemática do Brasil está representada e homenageada nesta SNCT”, disse Jailson de Andrade.

Cruzando o oceano

Realizada desde 2004, a SNTC conta com a colaboração de empresas e órgãos públicos, escolas, fundações de apoio, institutos de pesquisa, museus, secretarias estaduais e universidades. O evento oferece cerca de 90 mil atividades gratuitas _ palestras, oficinas, cursos, exposições e workshops_ em ao menos mil municípios brasileiros, especialmente para alunos da educação básica e ensino profissionalizante.
A expectativa de Kassab é que a SNTC 2017 mostre ao país o potencial da pesquisa brasileira. “Este ano, junto com a matemática, vamos mostrar para o Brasil o quanto nossa ciência e nossa tecnologia estão avançadas, mas, principalmente, o quanto elas podem avançar”, discursou o ministro.

Com o objetivo de impulsionar o evento, o CNPq lançou em maio passado uma chamada pública de R$ 5,54 milhões. O edital recebeu demandas que somaram R$ 13 milhões, com interesse manifestado por 392 instituições, das quais 190 tiveram projetos aprovados – 30 estaduais (até R$ 100 mil cada), 125 intermunicipais (até R$ 20 mil cada) e 35 temáticos (até R$ 20 mil cada).

A novidade é que SNCT se prepara para chegar a outros continentes. O ministro Kassab estabeleceu parceria com o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal, Manuel Heitor.

“No próximo ano, a sede será em Portugal, com quem vamos nos alternar como anfitriões a partir de então. Também teremos a presença da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa”, anunciou o secretário Jailson de Andrade.