Navegar

8 de março de 2019, 13:41h

Inscrições para a OBMEP 2019 se aproximam do fim

O período de inscrições para a 15ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) terminará em 15 de março. A inscrição deve ser realizada pelas escolas, por meio do preenchimento da Ficha de Inscrição disponível exclusivamente no site da OBMEP

Realizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), a maior competição científica do país é destinada a alunos dos Ensinos Fundamental (6º ao 9º ano) e Médio das redes pública e privada. Em 2018, a OBMEP reuniu 18,2 milhões de estudantes de 99,4% dos municípios brasileiros.

Leia também: Pesquisadora do IMPA é destaque na Quanta Magazine
Toda a população deveria ser exposta à matemática’
Tiecheng Xu defende tese sobre cadeias de Markov

Coordenador geral da OBMEP e diretor-adjunto do IMPA, Claudio Landim destaca a importância da participação na competição: “A OBMEP proporciona a todos os alunos brasileiros do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio um contato com a matemática divertida, instigante e criativa.”

As provas serão aplicadas nos dias 21 de maio (1ª fase) e 28 de setembro (2ª fase) e distribuídas de acordo com o grau de escolaridade do aluno: nível 1 (6º e 7º anos), nível 2 (8º e 9º anos) e nível 3 (qualquer ano do ano do Ensino Médio).

A OBMEP premia separadamente alunos de escolas públicas e privadas.  Aos primeiros serão concedidas 6.500 medalhas (500 ouros, 1.500 pratas e 4.500 bronzes) e até 46.200 certificados de Menção Honrosa. Estudantes de instituições particulares receberão 975 medalhas (75 ouros, 225 pratas e 675 bronzes) e até 5.700 certificados de Menção Honrosa.

A divulgação dos vencedores está marcada para 3 de dezembro. Premiados com medalha de ouro, prata ou bronze garantem o ingresso em programas de iniciação científica.

Estímulo ao estudo da Matemática 

Criada pelo IMPA em 2005 e realizada com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), a competição é promovida com recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério da Educação (MEC). Ela contribui para estimular o estudo da Matemática no Brasil, identificar jovens talentosos e promover a inclusão social pela difusão do conhecimento.

Estudos independentes já revelaram o impacto efetivo da olimpíada nos resultados de Matemática. Escolas que participaram ativamente da competição, aponta trabalho do ex-presidente do INEP Chico Soares, apresentam melhora no desempenho dos alunos de 26 pontos na Prova Brasil, o equivalente a 1,5 ano de escolaridade extra.

Apoio da UNESCO

Com o apoio da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), a OBMEP 2019 tem como tema os Povos Indígenas.  Além do selo da organização, todo o material de divulgação da olimpíada tem a logo do Ano Internacional das Línguas Indígenas, iniciativa da UNESCO. Os cartazes da OBMEP 2019 são ilustrados pela matemática nos desenhos simétricos dos povos indígenas.

Leia também: Inscrições abertas para os Polos Olímpicos de Treinamento
Tiecheng Xu defende tese sobre cadeias de Markov