Navegar

Escola do PI supera incêndio e disputa OBMEP 2017

A Escola Municipal Teotonio Ferreira Brandão, da pequena cidade de Cocal dos Alves, interior do Piauí, se prepara para a OBMEP 2017, que começa na próxima terca-feira, 6, com a realização da 1ª fase da competição.  O colégio inscreveu 302 alunos para as provas do nível 1 e 161 estudantes para os exames do nível 2. A unidade, que em 2016 ganhou uma medalha de ouro, duas de prata, quatro bronzes e ficou entre as instituições de ensino premiadas pela OBMEP, sofreu uma ação criminosa na semana passada.
 
Lamentavelmente, duas salas do colégio foram incendiadas, pichadas e tiveram materiais roubados por criminosos. Troféus, certificados e medalhas de conquistas de seus alunos em olimpíadas de conhecimento como a OBMEP também foram levados ou depredados durante a ação dos criminosos. A investigação ainda não foi encerrada, mas a polícia local já fez detenções e recuperou parte do material roubado.
 
A Escola Municipal Teotonio Ferreira Brandão participa há anos da OBMEP, melhorando progressivamente seus resultados com o intenso trabalho dos professores. Desde que começou a participar da OBMEP, em 2005, os alunos da escola conquistaram 9 medalhas de ouro, 12 de prata, 38 de bronze e 75 menções honrosas. 
 
O professor de Matemática Francisco Junio, de 29 anos, que leciona no local, conta um pouco desse segredo.
 
“Conquistei uma medalha honrosa em 2006 e estudei todo o Ensino Fundamental e Médio aqui na cidade com o professor Antônio Cardoso Amaral”, diz, referindo-se ao mestre da escola vizinha Augustinho Brandão, que ganhou inúmeros prêmios nacionais e internacionais por conta dos resultados obtidos pelos jovens da cidade na OBMEP.

“O modelo criado aqui é um espelho para os professores mais novos”, justifica.