Navegar

2 de agosto de 2017, 15:03h

Elon Lages Lima é homenageado durante o 31º CBM

Elon Lages Lima, ex-diretor do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), será homenageado durante o 31º Colóquio Brasileiro de Matemática (CBM). Considerado o maior encontro da comunidade matemática brasileira, o evento acontece na sede do IMPA, no Rio de Janeiro, até a próxima sexta (4).

A memória do matemático alagoano será celebrada nesta quinta-feira (3 de agosto), às 16h, em palestra especial ministrada por Carlos Gustavo Tamm Moreira, um dos muitos jovens pesquisadores influenciados por ele. No mesmo dia, será inaugurada uma placa na entrada de seu antigo gabinete no IMPA, como forma de perpetuar sua lembrança na instituição. 

Elon dirigiu o IMPA em três períodos (1969-71, 1979-80 e 1989-93). Também presidiu a Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), de 1973 a 1975, e integrou o Conselho Nacional de Educação e o Conselho Superior da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj).

Na década de 1990, Elon criou o Programa de Aperfeiçoamento de Professores de Matemática do Ensino Médio (PAPMEM), que já beneficiou mais de 20 mil professores no Brasil. 

Ele também é reconhecido por sua fundamental contribuição à literatura matemática brasileira. Com mais de 40 livros publicados, recebeu duas vezes o Prêmio Jabuti de Ciências Exatas, da Câmara Brasileira do Livro. O Jabuti é a mais importante premiação literária no Brasil.

Elon iniciou sua formação no Ceará e no Rio de Janeiro. Obteve os graus de mestrado e doutorado na Universidade de Chicago, especializando-se em Topologia Algébrica. Após voltar ao Brasil, tornou-se pesquisador do IMPA.

Membro titular da Academia Brasileira de Ciências desde 1963, recebeu a Ordem do Mérito Científico na Classe Grã-Cruz, da Presidência da República, e o Prêmio Anísio Teixeira, do Ministério da Educação.

Além da brilhante trajetória profissional, Elon desempenhou o papel de mentor e inspirador de jovens matemáticos de grande destaque no país, como o ganhador da Medalha Fields Artur Avila, Carlos Gustavo Moreira (ambos do IMPA), Ralph Teixeira, da Universidade Federal Fluminense (UFF) e Nicolau Saldanha (PUC-Rio).