Navegar

24 de agosto de 2018, 16:38h

Doutor pelo IMPA recebe prêmio do presidente de Honduras

Com uma sólida carreira internacional, o matemático hondurenho José Ramón Madrid, mestre e doutor em Matemática pelo IMPA, acaba de ser reconhecido pelo presidente de Honduras Juan Orlando Hernández por sua trajetória na ciência. Ele foi agraciado na categoria “Orgulho Nacional”, dos Prêmios da Juventude 2018.

Nascido no departamento de Santa Bárbara, José Ramón destacou-se primeiramente na Olimpíada Internacional de Matemática (IMO, sigla em inglês) ao conquistar duas medalhas. Em 2010, mudou-se para o Brasil para iniciar o mestrado no IMPA sob orientação do professor Emanuel Carneiro, enquanto fazia paralelamente o bacharelado em Matemática Aplicada na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Leia também: Homenagem ao pai da geometria diferencial no Brasil
Adriana Chavarría defende a paixão pelo “caos”
A angústia do matemático Ludwig Boltzmann – 2ª parte

Seis anos depois, o especialista em Análise Harmônica deixou o Brasil com o doutorado debaixo do braço rumo à Universidade de Aalto em Helsinque (Finlândia) para se dedicar ao pós-doutorado.

Um ano depois, conseguiu vaga no ICTP, em Trieste (Itália), onde também se dedicou à pós-graduação. Atualmente é professor assistente Hedrick na Universidade da Califórnia (UCLA – Los Angeles, EUA).

Reconhecimento

Madrid conta que os Prêmios da Juventude são entregues há quatro anos pelo governo hondurenho, com o objetivo de reconhecer oito jovens do país que tenham de destacado em ciência, artes ou esportes.

“Fui indicado pela minha trajetória e por ser considerado um expoente hondurenho na Matemática no plano internacional”, conta.

Tímido e de poucas palavras, diz ter sido uma honra receber essa premiação.

Leia também: Pedro Nunes, matemático entre dois mundos
A beleza matemática dos flocos de neve
IMPA abre concurso para contratar pesquisador