Navegar

20 de agosto de 2018, 15:22h

Definida a equipe do Brasil para disputa da Iberoamericana

O Brasil já está escalado para a disputa da 33ª Olimpíada Iberoamericana de Matemática (OIM), que ocorrerá entre os dias 21 e 29 de setembro. Pela primeira vez na história, a competição acontecerá conjuntamente em dois países: Espanha e Portugal.

O destaque da equipe brasileira é Pedro Lucas Lanaro Sponchiado, de São Paulo (SP), que conquistou a medalha de ouro na Olimpíada Internacional de Matemática (IMO, da sigla em inglês) realizada em julho. Serão seus companheiros de time os também medalhistas de bronze na IMO: Bernardo Peruzzo Trevizan, de São Paulo (SP), Bruno Brasil Meinhart e Pedro Gomes Cabral, ambos de Fortaleza (CE). A equipe será liderada pelos professores Eduardo Wagner e Carlos Gustavo Tamm de Araujo Moreira, o Gugu, ambos do Rio de Janeiro (RJ).

Leia também: IMPA abre concurso para contratar pesquisador
Jornada no IMPA homenageia Manfredo do Carmo
No IMPA, Étienne apresenta “a geometria dos flocos de neve”

Todos os representantes do time Brasil foram premiados na 39ª Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) de 2017. Para integrar a equipe que disputará a Iberoamericana 2018, eles participaram de um intenso processo seletivo. O resultado da última prova pode ser conferido aqui.

Histórico na competição

Desde 1985, quando iniciou sua participação na competição, o Brasil já conquistou um total de 120 medalhas — 62 ouros, 47 pratas e 11 bronzes.

Em 2017, a equipe brasileira conquistou duas medalhas de ouro e duas de prata, ficando na 2ª posição no ranking geral por países.

Leia também: No Blog Ciência & Matemática, conheça Emmy Nöther
A angústia do matemático Ludwig Boltzmann
‘É importante fazer pesquisa sem pensar em aplicação’