Navegar

27 de fevereiro de 2018, 10:39h

Brasil ganha duas medalhas em olimpíada na Romênia

A equipe do Brasil, composta por seis estudantes do Ensino Médio e medalhistas de ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM), voltou ao país nesta segunda-feira (26) da 10ª edição da Romanian Master of Mathematics com duas medalhas de bronze e quatro menções honrosas na bagagem.

Os estreantes da equipe Bernardo Peruzzo Trevizan, de São Paulo (SP) e Pedro Gomes Cabral, de Recife (PE) conquistaram as medalhas, e todos os outros representantes do Brasil — Bruno Brasil Meinhart, de Fortaleza (CE), Lucas Hiroshi Hanke Harada, de São Paulo (SP), Tarcísio Soares Teixeira Neto, de Fortaleza (CE) e Gabriel Tostes Messias Pereira, de Brasília (DF) — ganharam menção honrosa.

Leia também: Marcelo Flamarion surfa nas ondas da Dinâmica de Fluidos
Projeto em Brasília aproxima meninas da matemática
Nota oficial do Instituto de Matemática Pura e Aplicada

O time verde-amarelo foi liderado pelos professores Onofre Campos da Silva Farias, de Fortaleza (CE), e Rafael Kazuhiro Miyazaki, do Rio de Janeiro (RJ).

No quadro geral, Bernardo Trevizan ficou na 32ª colocação, com a segunda melhor pontuação dos medalhistas de bronze, e Pedro Cabral conquistou o 35º lugar. Para conhecer os resultados individuais, acesse a página da competição.

O tradicional evento, que reúne jovens talentos para a matemática, contou com 107 competidores.

Leia também: Inscrições para a OBMEP 2018 já estão abertas
IMPA realiza o workshop Graphs and Randomness
Estudo do IMPA e do Technion revela método que paralisa a luz