Navegar

3 de agosto de 2018, 15:58h

Akshay Venkatesh vira rockstar entre os matemáticos indianos

Um dos ganhadores da Medalha Fields 2018, Akshay Venkatesh viveu momentos de astro do rock após dar palestra sobre a pesquisa que lhe rendeu a premiação, nesta sexta-feira (3). 

Matemáticos indianos residentes em diversos países — Índia, Reino Unido, Estados Unidos — o cercaram após sua fala. Queriam parabenizá-lo e tirar fotos com ele. No caminho entre o anfiteatro e o estúdio da ICM TV, ele recebeu pedidos de fotos e autógrafos dos colegas e compatriotas. Os indianos constituem uma das maiores delegações presentes ao Congresso Internacional de Matemática. 

Leia também:Divirtam-se com a Matemática”, recomenda Gugu
Matemático Gregory Lawler palestra no ICM
Okounkov leva a geometria para passear no cosmos

Desde o anúncio do prêmio, a carreira de Venkatesh ganhou o noticiário em seu país natal como um dos orgulhos pátrios, mesmo que toda ela tenha sido feita no exterior. Embora tenha crescido e se formado na Austrália, ele nasceu em Nova Déli e emigrou com os pais aos três anos. Entrou na graduação aos 13 — a ABC TV australiana resgatou o vídeo de uma entrevista que deu na ocasião, em 1994 — e após se formar, aos 16, emigrou para os Estados Unidos, onde segue carreira. 

Sua fala tratou da cohomologia dos grupos aritméticos. É um dos temas mais avançados da Matemática, de difícil compreensão até para os especialistas. Foi às origens da discussão do assunto, no século 19, e passou pelos saltos teóricos dos anos 80 e 90 antes de chegar às pesquisas mais recentes, incluindo a sua.

Durante todo o tempo, referenciou o trabalho de seus colaboradores (“agradecê-los é muito pouco”, disse na introdução da fala) e utilizou matrizes 2×2 para tornar os exemplos mais claros — exemplos tão simples quanto possível, mas não mais simples do que isso.

“É muito bom ver alguém apontando um panorama das coisas que ainda nos falta compreender”, disse Kevin McGerty, do Instituto de Matemática da Universidade de Oxford.