Navegar

6 de September de 2017, 13:54h

Claudio Landim recebe o reitor do Instituto Federal Fluminense

O reitor do Instituto Federal Fluminense (IFF), Jefferson Manhães Azevedo, se reuniu nesta terça-feira (5) com o diretor-adjunto do IMPA, Claudio Landim. Eles discutiram a possibilidade de ampliação da parceria do IFF com o IMPA no Programa de Iniciação Científica Jr. (PIC) e na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Atualmente, quatro unidades do instituto sediam as aulas do PIC e da OBMEP na Escola, sob a orientação de Alex Cabral, coordenador orientador do PIC-OBMEP.

Cabral também participou do encontro, assim como Breno Fabrício Terra Azevedo, diretor do Centro de Referência em Tecnologia, Informática e Comunicação na Educação do IFF, e Claudia Vasconcelos, chefe da Divisão de Programas de Extensão Acadêmica do IMPA.

O reitor ofereceu as instalações dos campi do IFF no Norte Fluminense (Campos dos Goytacazes, Macaé, Quissamã e São João da Barra), em Itaboraí e Maricá (Região Metropolitana) e em três municípios da Região Noroeste Fluminense: Bom Jesus de Itabapoana, Itaperuna e Cambuci. O objetivo é ampliar os programas, para propiciar o acesso de mais estudantes e professores.

“Uma de nossas principais missões é com a educação básica, na formação continuada de docentes. Não podemos desistir desse processo de formação de professores. Sabemos que as atividades além da sala de aula servem como uma boia de salvação para os alunos não se perderem nesse cenário de crise que enfrentamos”, disse Azevedo.

Para Claudio Landim, ao ampliar a parceria com o IFF. O IMPA, automaticamente, aumentará a capilaridade do PIC, mesmo em regiões sem medalhistas da OBMEP.

“Isso é importante porque amplia o incentivo à participação na olimpíada e, consequentemente, no interesse pelo estudo da Matemática”, acrescentou.

O reitor do IFF disse que a junção de forças entre as instituições é essencial para “despertar o paladar dos jovens pela ciência e tecnologia” e contribuirá no futuro para o desenvolvimento do país em ambos os setores.

Como compromisso para 2018, o IFF e o IMPA concentrarão esforços para elevar a presença do PIC e da OBMEP na Escola das regiões onde o Instituto Federal Fluminense atua.